Em busca da onda perfeita

Ainda estou longe do objetivo do título acima, mas muito longe mesmo. Por enquanto não existe onda perfeita para mim. Se eu droprar uma marola e não cair, já ganhei o dia. Sim, sou inciante, mas bota iniciante nisso.

O motivo do título acima é para falar dos desafios que tenho encarado para continuar tentando. Sou brasileiro e não desisto nunca.

O desafio de hoje foi passar sete horas na estrada de SP até Caraguá. Nesta sexta, dia 22, estarei na praia do Sapê, em Ubatuba (SP), para seguir na tentativa de dropar algo, sem cair, é claro. 

Sobre João Carlos Godoy

Jornalista, surfista, amante, fanático por surf e pelo mar. Formado no curso de MBA de Gestão no Esporte da Universidade Anhembi Morumbi e assessor de imprensa na área de negócios e esporte. E-mail para contato: jc.surfistapaulistano@gmail.com
Esse post foi publicado em Diário de um surfista, Surf. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s