Swell em Caraguá

*Por Luciano Sant’anna (Foto: “Leco” Korolkovas

Com a previsão de um grande swell de sul, com influência de sudeste, não poderia deixar de prever que entraria também na costa caraguatatubense ondas em quase todos os picos da cidade, principalmente em Massaguçú, que quebrou com uma das melhores condições.

Monitorando este swell, percebi que todos os gráficos indicavam e confirmavam para domingo o ápice da ondulação. Todo mundo comentava que seria uma bomba, com ondas que poderiam chegar a quatro metros.

Confirmando as previsões, as ondas e o sol apareceram para abrilhantar ainda mais o crowd que se formou em diversos picos no domingo, dia 29 de maio. Tinha combinado com uns garotos que treino de sair bem cedinho de casa. Subimos a primeira serrinha em direção a Ubatuba, na SP 55 e, ao avistarmos a Praia de Massaguaçú, percebemos que estava “bombando” altas ondas. A pista molhada pelo avanço das ondas na madrugada, deu para imaginar o que o dia de surf ia ser muito bom.

Ao chegar na praia, séries de até dois metros quebravam desde a primeira curva até o canto esquerdo, inclusive as lajes do Tamanduá e Tabatinga quebrando com ondas acima dos três metros.

O meio de Massaguaçú tem um “point”, mais conhecido como Jundú (devido a um hotel construído no meio da praia na década de 80 em cima do Jundú mesmo. Infelizmente hoje o hotel nem chama mais Jundú), que tinham ondas com séries intercaladas e bem definidas com dois metros. Vários surfistas experientes do local estavam presentes no pico como Gilmar Moliterno, irmão do big rider Alexandre Moliterno, Anderson Africano, Felipe Gardelin, Adriano do “Módulo” entre outros, surfando ondas com até dois metros que ficavam ainda maiores com o balanço do back wash.

Percebemos que a maré estava enchendo e pelo vento, que a cada minuto ficava mais forte de sul, as condições iriam ficar muito difíceis.  Optamos por um pico alternativo, por causa dos garotos que na maioria eram inexperientes, e poderiam se dar mal ali. Fomos surfar no canto direito da praia da Mocóca, onde raramente tem ondas. Por lá encontramos alguns “legends” caraguatatubenses como Marcão, Bilão, o shaper Derly e mais uma galera com fome de ondas. Surfamos essa onda rara, que quebra meio em diagonal com a praia formando quase um point breack ao lado de uma costeira, com algumas pedras escondidas no fundo, que proporciona alguns bons tubos na maré vazia.

Ao voltar para Massaguaçú, a maré estava baixando e proporcionou um final de tarde especial, ao meio do pequeno crowd de 10 cabeças, surfamos ondas com um metrão a um e meio de face. O vento parou e o mar acertou, ficou “clean”, mas o final de tarde caiu rápido e a luz foi embora. Pegamos a estrada de volta ao som de Jack Johnson, imaginando mais para o dia seguinte. Em casa, ao checar os e-mails me deparei com algumas fotos do fotografo Leandro “Leco” Korolkovas, que registrou esse dia épico de surf em Caraguá.

* Luciano Sant’anna é professor de surf em Caragatatuba, atualmente ministra aulas gratuitas em um projeto social na cidade. O profissional também dá aulas de surf em sua escola, na praia do Sapê, em Ubatuba.

Sobre João Carlos Godoy

Jornalista, surfista, amante, fanático por surf e pelo mar. Formado no curso de MBA de Gestão no Esporte da Universidade Anhembi Morumbi e assessor de imprensa na área de negócios e esporte. E-mail para contato: jc.surfistapaulistano@gmail.com
Esse post foi publicado em Aloha, Diário de um surfista, Surf. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Swell em Caraguá

  1. valeu Shummer ficou maneira a matéria aí no seu blog. to divulgando o que dá mano

  2. Pingback: Surf em Caraguá | SurfistaPaulistano

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s