Drogas contra o esporte

Até quando a humanidade vai ver ídolos do esporte, da música ou da televisão morrerem por causa do consumo de drogas? Até quando vamos permitir que bandidos levem para dentro de nossas casas o produto que os enriquecem? Infelizmente, o produto não mata só quem consome ou quem vende, mata também as crianças da favela.

Pois bem, desabafos a parte, nesta segunda-feira, dia 13, estava alimentando esse blog, quando o canal Woohoo anunciou, após seis meses, o resultado da autopsia do surfista Andy Irons (na foto), encontrado morto em novembro do ano passado. A causa morte anunciada na época era dengue. Porém, sua família revelou que Andy morreu de ataque cardíaco, possivelmente causado pelo consumo excessivo de drogas. Não precisa ser um estudioso do surf para descobrir que Andy Irons não era apenas viciado nas ondas. Mais um exemplo de uma perda do esporte, contra as drogas.

Sobre João Carlos Godoy

Jornalista, surfista, amante, fanático por surf e pelo mar. Formado no curso de MBA de Gestão no Esporte da Universidade Anhembi Morumbi e assessor de imprensa na área de negócios e esporte. E-mail para contato: jc.surfistapaulistano@gmail.com
Esse post foi publicado em Esporte, Surf. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Drogas contra o esporte

  1. Pingback: Surf: luto pelas drogas | SurfistaPaulistano

  2. Pingback: Surf em chamas | SurfistaPaulistano

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s