#brasilcontraasdrogas

Em primeiro lugar quero justificar a minha ausência nesta semana no SurfistaPaulistano. Como muitos paulistanos, nem todos surfistas, fui vítima de um assalto. Um rapaz, entre 16 e 20 anos, armado com uma faca, claramente viciado em crack, roubou meu smartphone. O que mais doeu não foi perder o aparelho (vou trabalhar para ter outro), mas sim foi ver um jovem com o mesmo direito de ser feliz que qualquer um em um estágio deplorável.

Se não acabarmos com o crack ele acabará com muitos jovens, muitas famílias, promoverá muitos assaltos e tragédias. Agradeço ao Grande Arquiteto do Universo, ao Pai Celestial, por eu não ter sofrido nenhuma violência física. Mas fiquei pensando neste garoto. A violência, o estrago físico, que essa droga está causando em sua vida e de outros jovens brasileiros.

Não podemos perder toda e qualquer oportunidade de exigir de nossos governantes uma atitude definitiva contra as drogas. Este blog, através da promoção do esporte, nunca escondeu o seu repúdio em relação ao consumo de intorpecentes. Posso até parecer chato, peço perdão aos leitores, mas não vou deixar essa bandeira cair.

Por falar em esporte, governantes e bandeira, vamos começar com o esporte. A Prefeitura Municipal de São Paulo e o Governo do Estado anunciaram R$ 420 milhões em incentivos fiscais na construção do estádio do Corinthians. Independente se você leitor é corinthiano ou não, nada contra o time do Parque São Jorge, mas será que esse investimento em uma área particular era necessário? Se fosse para investir no esporte, quantos centros de treinamento nossos governantes poderiam levantar com essa quantia, ou apenas metade dela? Quantos jovens poderiam ser retirados da rua, do tráfico, da rota da baseadinho ao crack?

Para encerrar, vamos a questão da bandeira. Com o perdão da ousadia vou levantar a bandeira do #brasilcontraasdrogas. Por isso convoco você leitor para levar essa causa aos seus amigos e familiares nas redes sociais. Muitos jovens, cidadãos e famílias brasileiras agradecem.

Sobre João Carlos Godoy

Jornalista, surfista, amante, fanático por surf e pelo mar. Formado no curso de MBA de Gestão no Esporte da Universidade Anhembi Morumbi e assessor de imprensa na área de negócios e esporte. E-mail para contato: jc.surfistapaulistano@gmail.com
Esse post foi publicado em Aloha. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s