Mulinha é o cara do pranchão

Mullinha. Foto: Maurico Val/Fotocom.net

Após onze anos de muita luta no Circuito Brasileiro de Longboard, o surfista Danilo Rodrigo, o Mulinha (na foto acima), garantiu o título inédito no sábado 19, ao derrotar o carioca Marcelo Freitas na terceira fase do Petrobras Longboard Classic. Neste domingo, dia 20, o guarujaense bateu duas lendas do esporte: o deca-campeão brasileiro Picuruta Salazar e o campeão mundial Phil Rjzman, e foi coroado campeão da sexta etapa do campeonato no pico mais tradicional do pranchão no Brasil, a Praia da Macumba, no Rio de Janeiro.

Antes de enfrentar Picuruta e Phil, Mulinha teve que passar pelo baiano radicado em São Paulo Carlos Bahia, que foi o melhor longboarder do pranchão em 2006. Phil passou pelo paulista Jaime Viudes e Picuruta derrotou o carioca Caio Teixeira, fechando os semifinalistas da etapa.

Na décima edição do Petrobras Longboard Classic, a final entre Mulinha, o surfista mais regular do ano, com dois títulos nas cinco etapas anteriores, e o campeão do mundo Phil Rajzman exemplificou bem o alto nível do longboard brasileiro (no vídeo abaixo).

Se o carioca conseguiu um 8.0 e virou uma bateria dominada a princípio pelo paulista, Mulinha abusou da diversidade das manobras e ganhou um 9.4 dos jurados, conquistando o título da sexta e última rodada do ano.

No feminino, a pernambucana Atalanta Batista provou mais uma vez que está voando nas ondas e garantiu mais um título brasileiro ao vencer a bateria que terminou com a paranaense Fernanda Daitchman em segundo e as cariocas Mainá Thompson e Jasmin Avelino em terceiro e quarto lugar, respectivamente. Com 20 anos, Atalanta, que também foi a melhor do Brasil em 2010, se tornou bi-campeã brasileira.

Os veteranos do pranchão entraram no mar duas vezes neste domingo. Na semifinais, os cariocas Adolfo Jordão e Eduardo Laplan e os paulistas John Wolthers e Chico Paioli se classificaram para a final. Na última bateria da Super Master, Adolfo Jordão garantiu a primeira colocação e o título do circuito. Eduardo Laplan ficou com o segundo lugar na etapa, Chico Paioli em terceiro e John Wolthers em quarto.

Organizada pela Rico Promoções Esportivas, a segunda etapa do Circuito Petrobras Longboard Classic 2011 e sexta e última do Circuito Brasileiro de Longboard, organizado pela da Associação Brasileira de Longboard (ABL), tem o patrocínio da Petrobras e o apoio da Prefeitura do Rio de Janeiro, ABL, FESERJ (Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro), Recreio Surfe Clube, Jamf, Forneria Tropical, Kona Blanks, American Airlines, Revista Coquetel e Guinness Book.

Anúncios

Sobre João Carlos Godoy

Jornalista, surfista, amante, fanático por surf e pelo mar. Formado no curso de MBA de Gestão no Esporte da Universidade Anhembi Morumbi e assessor de imprensa na área de negócios e esporte. E-mail para contato: jc.surfistapaulistano@gmail.com
Esse post foi publicado em Aloha, Esporte, Esportes radicais, Eventos, Surf. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s