A força do esporte nos negócios

Danny Jordaan. Foto: Marcos Michael

Desde o anúncio da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016, muito se fala de negócios no esporte. Agências pipocaram no mercado nacional e especialistas caíram do céu, muitos deles sem nunca ter ouvido o termo marketing esportivo antes, ou pelo menos estudado o assunto. Aliás, eis um termo na moda: marketing esportivo. Assim como a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos são apenas uma gota dentro do oceano de oportunidades do universo do esporte, o marketing esportivo é apenas a ponta do iceberg dentro dos negócios dessa plataforma.

Nesse período de euforia é muito importante separar o joio do trigo, o óleo da água. É fundamental filtrar quem são os formadores de opinião realmente preparados para tratar de tal tema. É vital para o sucesso de uma grande marca distinguir quem são os verdadeiros especialistas da área, quem são os maestros que farão uma grife soar em perfeita harmonia com o público alvo, com astros e estrelas do esporte.

Pegando o gancho da Copa do Mundo de 2014, só para variar, o marketing esportivo é apenas uma das incontáveis chances de novos negócios que poderão surgir. Ingênuo aquele pequeno e médio empresário que acredita que prestará algum serviço para a FIFA, não vai. Não adianta tentar porque não vai. Porém, esperto aquele que enxerga nesses eventos uma chance de comer pelas beiradas, de conquistar seu consumidor através de suas paixões, gerando emoção, seja dentro ou fora das grandes arenas. Mestre será aquele que conseguir manter a chama do esporte acesa de forma sustentável nas cidades-sede mesmo após os grandes eventos.

Nesta semana tive a oportunidade de acompanhar a equipe da Brunoro Sport Business na Soccerex, maior feira de negócios do futebol no mundo, que aconteceu entre os dias 26 e 30 de novembro no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro. E, uma das frases mais impactantes que ouvi em algumas das palestras que consegui acompanhar foi de autoria de Danny Jordaan (na foto acima), um dos responsáveis pelo sucesso da Copa do Mundo de 2010, ex-chefe executivo do Comitê Organizador da Copa na África do Sul. Para uma plateia recheada de figurões do esporte nacional, Jordaan deixou o recado: “A Copa dura somente 30 dias. Planejem muito além disso”.

Não preciso enfatizar que o evento reuniu grandes nomes no negócio do esporte mundial. Porém o que chamou a atenção foi que, no meio de gigantes do mercado, havia pequenas e médias empresas que estão no segmento há anos na batalha por um lugar ao Sol. Empresas especializadas em chaveiros, imãs, jogos miniaturas de pebolim, etc. Os jovens do street soccer estavam lá, roubando a cena. A moçada do beach soccer também não perdeu a oportunidade.

Neste balaio de grandes, médios e pequenos negócios, o encontro foi capaz de reunir o alto escalão da FIFA, presidentes dos maiores clubes do mundo, empresários das estrelas do esporte, clubes em busca de oportunidades, os principais patrocinadores, gestores e tomadores de decisão. No mesmo espaço também circularam fornecedores dos mais variados artigos, de itens básicos como gramados e isotônicos, estudiosos do futebol, grandes empresas de engenharia para estádios e tudo o mais que o universo do esporte é capaz de fomentar.

 

Anúncios

Sobre João Carlos Godoy

Jornalista, surfista, amante, fanático por surf e pelo mar. Formado no curso de MBA de Gestão no Esporte da Universidade Anhembi Morumbi e assessor de imprensa na área de negócios e esporte. E-mail para contato: jc.surfistapaulistano@gmail.com
Esse post foi publicado em Aloha, Esporte, Eventos, Gestão no esporte, Marketing esportivo, Negócios do esporte. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s