Dia ruim de surf para o Brasil em Pipeline

Gabriel Medina e Kelly Slater

Literalmente esta quinta-feira, dia 8, data de estreia do Billabong Pipe Masters, em Pipeline, no Havaí, não era um dia de surf para os brasileiros. Todos os surfistas brazucas que encararam um swell de gente grande neste dia encerraram suas baterias fora da competição. O evento encerra o World Tour e a Tríplice Coroa Havaíana em 2011.

Miguel Pupo, Raoni Monteiro, Willian Cardoso e Jadson André foram os atletas verde amarelos que representaram o Brasil no primeiro dia de prova e deram Adeus ao desafio.

Nesta sexta-feira 9, Adriano de Souza e Gabriel Medina cairão na água ao lado de outros feras do surf mundial como o 11 vezes campeão mundial, o norte-americano Kelly Slater.

Sobre João Carlos Godoy

Jornalista, surfista, amante, fanático por surf e pelo mar. Formado no curso de MBA de Gestão no Esporte da Universidade Anhembi Morumbi e assessor de imprensa na área de negócios e esporte. E-mail para contato: jc.surfistapaulistano@gmail.com
Esse post foi publicado em Aloha, Esportes radicais, Eventos, Surf. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s