Brasil e Argentina no octógono

Emiliano Sordy (à esq.) e Kleber Orgulho. Foto: Levy Ribeiro

Cerca de 1.500 pessoas lotaram o Ginásio do Pacaembu, em São Paulo, neste sábado, dia 17. O local foi palco da 35ª edição do Jungle Fight, maior evento de MMA da América Latina, e reuniu lutas de tirar o fôlego. “Somos os maiores exportadores de lutadores de MMA do continente”, comemora Wallid Ismail, presidente do Jungle Fight.

Além de combates do mais alto nível, esta etapa do circuito marcou a estreia de um mini GP que levou dois atletas para a final da categoria 93 kg, valendo o cinturão da divisão, que será disputada em 21 de janeiro, no Rio de Janeiro.

A primeira vaga da final foi conquistada pelo argentino Emiliano Sordy, que derrotou o lutador Bruno Capelosa (Gracie Fusion/Veras Tk) aos 34 segundos do primeiro round ao aplicar uma guilhotina e vencer por finalização (no vídeo abaixo). “Minha estratégia era vencer por nocaute, mas consegui encaixar um bom golpe e acabei com a luta rapidamente”, afirmou Sordy.

Para fechar a noite e decidir quem seria o representante brasileiro no confronto Brasil e Argentina em janeiro de 2012, o brasileiro Kleber “Orgulho” (Champion Team) derrotou João Paulo (Mix Fighting) no segundo round por intervenção do árbitro. “Agora minha missão é não deixar esse cinturão sair do país”, comentou o lutador.

Nos demais embates os resultados também foram emocionantes e certeiros: Ricardo “Mirrado” Maciel (Chute Boxe/Bauru) venceu Maykon “Mudinho” (Emporium Team) com uma chave de braço (armlock) aos 2min do primeiro round (categoria até 61 quilos); Tiago Passos (Bolado Team) surpreendeu Rodrigo Ruiz com uma chave de tornozelo aos 2min5s do primeiro assalto; Diogo Cavalcanti “Fofão” (Constrictor Team) colocou Jânio Carvalho “Mancha” na lona com um nocaute logo nos primeiros 3min de luta (categoria até 70 kg); Edson “Conterraneo” (Ct. Miguel Repanas) deixou Tiago Thor (São Paulo) no chão e venceu por intervenção do árbitro aos 4min23s do primeiro round (categoria peso pesado); e Ildemar Marajó nocauteou Giovani “Soneca” Francisco também no primeiro assalto.

Anúncios

Sobre João Carlos Godoy

Jornalista, surfista, amante, fanático por surf e pelo mar. Formado no curso de MBA de Gestão no Esporte da Universidade Anhembi Morumbi e assessor de imprensa na área de negócios e esporte. E-mail para contato: jc.surfistapaulistano@gmail.com
Esse post foi publicado em Aloha, Esporte, Eventos, MMA. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s