Superação no surf

Quando dropei minha primeira onda aos 30 anos de idade achei que aquilo seria o maior ato de superação que eu poderia testemunhar no surf. Mal sabia que um adulto dropar uma onda pela primeira vez é algo comum, acontece todos os dias. Nunca tive nenhum problema sério de saúde, não tenho nenhuma deficiência física ou mental. Só não acreditava ser capaz de surfar.

É claro, atualmente essa visão mudou. E, a cada dia me surpreendo com as histórias que ouço, que vejo e que assisto de surfistas, de pessoas ligadas a esse esporte indescritível.

O vídeo acima de Derek Rabelo, um jovem surfista cego dando um show em um dos maiores picos do mundo é um exemplo de que o surf é para todos. Qualquer coisa que eu escreva neste post não será mais especial do que as imagens acima. Portanto, curta o vídeo e tire suas próprias conclusões. Aloha.

Sobre João Carlos Godoy

Jornalista, surfista, amante, fanático por surf e pelo mar. Formado no curso de MBA de Gestão no Esporte da Universidade Anhembi Morumbi e assessor de imprensa na área de negócios e esporte. E-mail para contato: jc.surfistapaulistano@gmail.com
Esse post foi publicado em Aloha, Diário de um surfista, Esporte, Esportes radicais, Surf. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Superação no surf

  1. Pingback: Surf além da visão | SurfistaPaulistano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s