Surf olímpico na pauta

O desafio de trabalhar um veículo segmentado é fazer com que a publicação não seja cópia da concorrência. Nas revistas de surf, por exemplo, o desafio é quase cumprido a risca. Digo quase porque alguns assuntos são inevitáveis. Se algum brasileiro vence algum campeonato, certamente ele terá destaque em todas as edições do mês seguinte. O que vale nesses casos é dar uma abordagem diferente. As revistas de surf tentam seguir essa linha, felizmente algumas conseguem. Afirmo isso sem medo de errar, porque assino as três principais revistas de surf do país e fazer revista segmentada ou de grande imprensa é algo que sei fazer.

Acho mais do que válido valorizar o trabalho bem feito da imprensa de surf. Portanto, dessa vez, meu comentário vai a favor da revista Alma Surf, que publicou recentemente uma edição inteira falando sobre o projeto de transformar o surf em esporte olímpico (para ler o conteúdo da revista clique aqui).

Sou totalmente a favor desse processo. Eis a melhor forma de fomentar uma modalidade esportiva. Acompanhei isso de perto trabalhando como assessor de imprensa em outras modalidades e vi muitas práticas esportivas crescerem da noite para o dia por conta disso. Quando falo em crescer estou falando de mais patrocínio, gestão profissional, mais praticantes, eventos de grande porte com acesso a todos, etc.

Ainda sobre esse assunto, o projeto Surf Olímpíco, recentemente ganhou mais um reforço no Facebook. O grupo Surf Esporte Olímpico rapidamente ganhou bastantes adeptos na rede social. Vale a pena entrar lá para ver. Tem comentários de todos os tipos. Tem uma galera a favor do surf nas Olimpíadas e uns mais exaltados (alguns meio mal educados) contra. Faz parte da democracia. O que vale a pena no final é ver um brasileiro conquistar o ouro olímpico depois de pegar altas ondas. Aloha.

 

 

Sobre João Carlos Godoy

Jornalista, surfista, amante, fanático por surf e pelo mar. Formado no curso de MBA de Gestão no Esporte da Universidade Anhembi Morumbi e assessor de imprensa na área de negócios e esporte. E-mail para contato: jc.surfistapaulistano@gmail.com
Esse post foi publicado em Aloha, Esporte, Esportes radicais, Jogos Olímpicos, Negócios do esporte, Profissionalização no esporte, Surf. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s