O marketing do rugby brasileiro

Informações de bastidores afirmam que a saída da agência Dream Factory do marketing da Confederação Brasileira de Rugby na verdade foi uma sacanagem da entidade. Vale frisar que não estou afirmando isso, só repassando uma informação que ouvi de fontes de dentro da agência.

É uma pena que esta parceria tenha acabado, uma vez que rendeu bons frutos para o esporte nacional.

A notícia que tenho, ainda não divulgada oficialmente pela entidade, é de que em breve uma licitação será aberta para escolher a nova agência. A princípio um movimento normal em todas as confederações olímpicas uma vez que muitas delas aproveitam as verbas públicas da Lei Piva para pagar gastos como agências de marketing e assessoria de imprensa. Como todos sabem, para lidar com verbas públicas licitações são necessárias.

Bem, enquanto a Confederação Brasileira de Rugby não se pronuncia oficialmente, fica aqui a notícia oficial da Dream Factory, publicada no portal Máquina do Esporte, do meu amigo Erich Beting (abaixo). Aloha!

Durou menos de dois anos a passagem da agência Dream Factory pelo departamento de marketing da Confederação Brasileira de Rugby (CBRu). A empresa havia assumido o setor em novembro de 2010, mas foi destituída pela entidade.

Em 2010, a Dream Factory foi contratada para prestar serviços de consultoria em marketing esportivo para a CBRu. O acordo de exclusividade envolvia formatação de produtos e eventos.

A Dream Factory foi responsável pela intermediação do contrato com o Sportv, canal fechado que exibiu o Campeonato Sul-Americano de rúgbi.

A transmissão do torneio foi a primeira do rúgbi nacional na TV do país. O negócio deu origem a uma parceria mais longeva com a Globosat, com validade até 2016.

Fonte: Máquina do Esporte

Sobre João Carlos Godoy

Jornalista, surfista, amante, fanático por surf e pelo mar. Formado no curso de MBA de Gestão no Esporte da Universidade Anhembi Morumbi e assessor de imprensa na área de negócios e esporte. E-mail para contato: jc.surfistapaulistano@gmail.com
Esse post foi publicado em Confederação, Federações, Institutos e Associações, Esporte, Gestão no esporte, Marketing esportivo, Negócios do esporte. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s