Vale a pena ver de novo em Fiji

fiji_2015

O Fiji Pro, quinta etapa da Liga Mundial de Surfe, tem janela de espera a partir do dia 5 de junho. Antes da etapa começar achei interessante separar alguns fatos marcantes de etapas anteriores em Fiji (foto acima), que sem sobra de dúvida valem a pena ver de novo.

2012 – Foi em junho de 2012, durante a janela de espera do Volcom Fiji Pro, uma ondulação de proporções épicas fez Cloudbreak quebrar de forma assombrosamente grande. Com medo de ver os tops da elite se machucarem, a direção da antiga ASP optou por não colocar os confrontos na água, deixando o caminho livre para algumas poucas almas corajosas. O documentário Thundercloud, dirigido pelo australiano Talon Clemow, coloca em perspectiva esse dia épico. Teaser abaixo!!!

2015 – em junho de 2015, a WSL publicou esse vídeo com as melhores performances do lendário Andy Irons em Cloudbreak (abaixo).

2015 – foi em ainda em 2015 que o mundo do surf assistiu a performance e vitória irretocável  do australiano Owen Wright, em Fiji.

2014 – no ano da desastrosa Copa do Mundo de Futebol no Brasil, o prodígio Gabriel Medina vencia em Fiji e caminhava rumo ao título mundial conquistado no mesmo ano.

Sobre João Carlos Godoy

Jornalista, surfista, amante, fanático por surf e pelo mar. Formado no curso de MBA de Gestão no Esporte da Universidade Anhembi Morumbi e assessor de imprensa na área de negócios e esporte. E-mail para contato: jc.surfistapaulistano@gmail.com
Esse post foi publicado em Aloha. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s