Aéreos, tops do CT e high scores em Maresias

Uma virada na última onda garantiu ao potiguar Ítalo Ferreira a segunda colocação na oitava bateria do round 3 no segundo dia do Red Nose São Sebastião Pro que acontece na Praia de Maresias, em São Sebastião (SP). Ítalo que é o cabeça de chave número 1 do evento e quarto colocado no ranking mundial profissional, quase amargou uma eliminação precoce em suas estreia na competição.  Abaixo você confere um vídeo com os melhores momentos do dia com imagens cedidas pela World Surf League, organizado do evento. O crédito da imagem aérea acima é de Victor Auane.

“Foi muito difícil a bateria. Eu achei que na esquerda iria conseguir dar uns aéreos, mas não estava do jeito. Estava sem parede e acabou prejudicando. Optei pelos aéreos, porque o vento estava bom, então segura a prancha, mas deveria ter usado a estratégia de ter ido para o outro lado do palanque, onde a bancada está rasa, tem uma esquerda correndo e tem um pouco mais de junção, mas o importante é passar e tentar fazer melhor na próxima”, comentou Ítalo.

Além de Ítalo Ferreira, outros três atletas da elite do surf mundial fizeram suas estreias no evento. Ian Gouveia foi eliminado logo da prova logo na primeira bateria. Já Jesse Mendes e Michael Rodrigues se classificaram para o round 4, ambos nas primeiras colocações de suas disputas.

Outro brasileiro que também se destacou nesta quarta-feira 1º foi o local Samuel Pupo que garantiu a maior pontuação do dia, com 14,74 pontos de 20 possíveis nas duas melhores ondas. “Foi muito bom estar aqui em casa competindo. Ano passado perdi de cara, estava um pouco tenso, então vim mais relaxado e funcionou. Praticamente fiz uma bateria perfeita e estava em sintonia com o mar, o mais importante”, comentou o atleta, que acaba de completar 18 anos.

samuel_pupo-basilio_ruy
Samuel Pupo. Foto: Basílio Ruy

O evento segue até domingo (4) e garante ao campeão 3 mil pontos no ranking QS e US$ 12 mil de premiação, de um total de US$ 75 mil.

Nesta sexta-feira dia 2, o dia promete forte emoções já que há uma disputa do título sul-americano da WSL em jogo. Dois atletas brasileiros disputam o caneco: Wesley Santos, de Peruíbe, no litoral sul de SP, que comemora a conquista se chegar nas quartas-de-final, e Renan Pulga, talento local, da vizinha praia de Camburi.

wesley_santos-basilio_ruy
Wesley Santos. Foto: Basílio Ruy

 O Red Nose São Sebastião Pro 2018 é uma realização da World Surf League (WSL), com os patrocínios da Red Nose, Prefeitura de São Sebastião, Jeep e Corona, apoios da Confederação Brasileira de Surf, Federação Paulista de Surf, Associação de Surf de São Sebastião (ASSS) e Associação de Surf de Maresias (ASM), com divulgação da 89 FM e Waves.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s