O surf mundial em 2019 e os Jogos Olímpicos em 2020

Foto: Peterson Crisanto. Foto: WSL/Cestari

Fala galera! Não costumo postar nada nesse horário mas o conteúdo é importante. A World Surf League (WSL) divulgou há pouco a lista oficial dos atletas que vão disputar os circuitos mundiais de surf profissional masculino e feminino em 2019. Importante frisar também que no próximo ano, os atletas (homens e mulheres) não estarão apenas concorrendo aos títulos de melhores do mundo, mas também para vagas nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, em 2020.

Conforme já divulgado aqui no blog, o circuito mundial em 2019 será uma das vias de classificação para as próximas olimpíadas. Pelo ranking mundial da WSL serão definidos 18 dos 40 lugares nos Jogos Olímpicos (10 homens e 8 mulheres). Os 22 lugares restantes serão determinados nos Jogos Mundiais de Surf de 2019 e 2020 da International Surfing Association (ISA), nos Pan-Americanos de 2019, em Lima no Peru, e mais duas vagas para surfistas (um homem e uma mulher) do país anfitrião, o Japão. Dos 18 lugares que serão definidos pelo ranking da WSL irão no máximo dois homens e duas mulheres de cada país. Exemplo: se três mulheres da Austrália estiverem entre as Top 8 em 2019, apenas duas australianas se qualificarão. Explicado sobre os Jogos Olímpicos, vamos à lista dos classificados para o próximo ano.

Gabriel Medina. Foto: WSL/Ed Sloane.

Entre os 22 atletas classificados pelo próprio CT estão:

1 – Gabriel Medina (BRA) 
2 – Julian Wilson (AUS)
3 – Filipe Toledo (BRA)
4 – Italo Ferreira (BRA)
5 – Jordy Smith (ZAF)
6 – Owen Wright (AUS)
7 – Conner Coffin (EUA)
8 – Michel Bourez (PYF)
9 – Wade Carmichael (AUS)
10 – Kanoa Igarashi (JPN)
11 – Kolohe Andino (EUA)
12 – Mikey Wright (AUS)
13 – Willian Cardoso (BRA)
14 – Sebastian Zietz (HAW)
15 – Michael Rodrigues (BRA)
16 – Jeremy Flores (FRA)
17 – Adrian Buchan (AUS)
18 – Griffin Colapinto (EUA)
19 – Adriano de Souza (BRA)
20 – Ezekiel Lau (HAW)
21 – Yago Dora (BRA)
22 – Joan Duru (FRA)

Os classificados pelo QS (Qualifying Series – Circuito de Acesso), conforme já tinha divulgado aqui no Surfista Paulistano, são:

1 – Seth Moniz (HAW) 
2 – Ryan Callinan (AUS) 
3 – Peterson Crisanto (BRA) 
4 – Jesse Mendes (BRA)
5 – Deivid Silva (BRA) 

6 – Ricardo Christie (NZL) 
7 – Leonardo Fioravanti (ITA) 
8 – Jadson Andre (BRA) 
9 – Soli Bailey (AUS) 
10 – Jack Freestone (AUS) 

Sendo assim, o Brasil mantém o total de 11 atletas no CT masculino em 2019. A lista de 34 atletas estará completa com os dois Wildcards, lesionados em 2018 e que voltam à competição no próximo ano. São eles: Kelly Slater (EUA) e John John Florence (HAW). A WSL ainda divulgou a lista de replascement, os substitutos que podem correr as etapas caso alguns dos top 34 esteja fora daquela etapa por qualquer motivo. Nessa lista estão:

1- Caio Ibelli (BRA) 
2 – Frederico Morais (PRT) 
3 – Ethan Ewing (AUS)

Tatiana Weston-Webb. Foto: WSL/Ed Sloane

Entre as mulheres, a relação das melhores do mundo é composta de 16 atletas.

As 10 primeiras, classificadas no próprio CT 2018, são:

1 – Stephanie Gilmore (AUS) 
2 – Lakey Peterson (EUA) 
3 – Carissa Moore (HAW) 
4 – Tatiana Weston-Webb (BRA) 
5 – Johanne Defay (FRA) 
6 – Sally Fitzgibbons (AUS) 
7 – Carolina Marks (EUA) 
8 – Courtney Conlogue (EUA) 
9 – Malia Manuel ( HAW) 
10 – Nikki Van Dijk (AUS)

As seis vagas restantes são das surfistas classificadas pelo QS Feminino, composta pelos seguintes nomes:

1 – Coco Ho (HAW) 
2 – Paige Hareb (NZL) 
3 – Bronte Macaulay (AUS) 
4 – Macy Callaghan (AUS) 
5 – Brisa Hennessy (CRI) 
6 – Silvana Lima (BRA)

A lista de wildcards entre as damas é formada por um único nome: a australiana e campeã mundial Tyler Wright.  A lista feminina é finalizada com duas replascement: Keely Andrew (AUS) e Sage Erickson (EUA).

A corrida em 2019 pelos títulos de melhores do mundo no masculino e no feminino começa em abril com os seguintes calendários:

Masculino:

1 – Men Gold Coast Pro: 03-13 abril de 2019 
2 – Rip Curl Pro Bells Beach: 17 Abril – 27 de 2019 
3 – Bali Pro: 13 de maio – 24, 2019 
4 – Margaret River Pro: 27 de maio a 7 de junho de 2019 
5 – Oi Rio Pro: 20 a 28 de junho de 2019 
6 – J-Bay Open: 9 a 22 de julho de 2019 
7 – Tahiti Pro Teahupo’o: 21 de agosto a 1º de setembro de 2019 
8 – Surf Ranch Pro: 19 a 22 de setembro 2019 
9 – Quiksilver Pro France: 3 a 13 de outubro de 2019 
10 – Meo Pro Peniche: 16 a 28 de outubro de 2019
11 – Billabong Pipe Masters: 08 de dezembro – 20 de 2019 

Feminino:

1 – Gold Coast Women’s Pro: 3-13 abril de 2019 
2 – Rip Curl Pro Bells Beach: 17 Abril – 27 de 2019 
3 – Bali Pro: 13 de maio – 24, 2019 
4 – Margaret River Pro: 27 de maio a 7 de junho de 2019 
5 – Oi Rio Pro: 20 a 28 de junho de 2019 
6 – J-Bay Open: 9 a 22 de julho de 2019 
7 – Surf Ranch Pro: 19 a 22 de setembro de 2019 
8 – Roxy Pro France: de 3 a 13 de outubro 2019 
9 – Meo Pro Peniche: 16 a 28 de outubro de 2019 
10 – Hawaii Women’s Pro: 25 de novembro a 7 de dezembro de 20

Para finalizar a festa das listas (rsrsrsrsr), a WSL divulgou no mesmo conteúdo os estreantes revelações de 2018, os chamados Rookie of the Year. São eles: Wade Carmichael (AUS) e Caroline Marks (EUA). 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s