Hang Loose Pro Contest em Noronha

Foto: WSL/ Aleko Stergiou

Gabriel Medina fez barba, cabelo e bigode em Pipeline, o Brasil levou tudo e mais um pouco no surf competição em 2018 e as boas notícias para 2019 não param. A World Surf League divulgou nesta quarta-feira 19, que o tradicional Hang Loose Pro Contest retorna para as ondas perfeitas de Fernando de Noronha no próximo ano. A competição, nível 6.000, será válida para o Qualifying Series (QS), o circuito de acesso para a elite mundial e acontecerá entre os dias 19 e 24 de fevereiro nas ondas de fama internacional da Cabimba do Padre.

Além dos pontos no ranking, a prova distribuirá um total de US$ 130 mil em prêmios, com US$ 25 mil para o vencedor do evento.

“Estou muito feliz em anunciar o retorno do concurso mais tradicional nas melhores ondas do país”, disse Álfio Lagnado, dono da Hang Loose. “Fernando de Noronha é o paraíso na Terra e eu gostaria de agradecer ao Governo do Estado de Pernambuco por todo seu apoio em trazer um QS 6.000 para a ilha. Esse concurso trará definitivamente os melhores tubérculos do mundo para a Cacimba do Padre para um evento inesquecível”, completa. 

Xandi Fontes, Gerente Geral da WSL South America também ficou encantado com o retorno do evento para Noronha, por sua importância histórica, a qualidade das ondas e acima tudo, o período de espera escolhido que marca o início do Calendário QS. “É ótimo ter o Hang Loose Pro em Noronha. É um evento tão incrível e é ótimo tê-lo no início do calendário para dar uma ampla oportunidade para ganhar pontos de qualificação e também coincide com a melhor época para as ondas no arquipélago ”, diz Fontes. 

A Hang Loose desempenha um papel importante na história do surfe no Brasil desde o Hang Loose Pro de 1986, realizado na Praia da Joaquina, em Florianópolis (SC). Em 1996, o evento mudou-se para o Guarujá, em São Paulo, antes de acontecer 17 anos consecutivos em Pernambuco, 13 deles em Noronha.  Em 2016, para comemorar os 30 anos da disputa inicial, a prova rolou novamente em Floripa, e no ano seguinte foi a vez de Maresias, em São Sebastião (SP), totalizando até hoje 31 edições. 

Nomes como Tom Carroll (AUS) , Fábio Gouveia (BRA), Nick Wood (AUS), Matt Hoy (AUS), Neco Padaratz (BRA), CJ Hobgood (EUA) e muitos outros levantaram os canecos de campeões do Hang Loose Pro Contest.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s