Wiggolly Dantas apresenta mais uma do Brasileiro de Surf Feminino

Foto: Camila Cássia. Crédito: Daniel Smorigo.

Entre os dias 17 e 19 de maio, a Praia de Itamambuca, em Ubatuba (SP), será sede da primeira etapa do “Wiggolly Dantas apresenta Brasileiro de Surf Feminino”, campeonato oficial da Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP), que define a campeã brasileira profissional do ano e também a número um pro-júnior do Brasil.

Composta por duas etapas (ambas em Itamambuca), a competição vai pagar R$ R$ 15 mil em prêmios para a campeã profissional e mais R$ 5 mil na divisão pró-júnior. E mais: o trabalho de base segue mantido com disputas organizadas nas categorias sub10, sub12, sub14 e sub16, além da categoria longboard.

“O meu objetivo foi ajudar a categoria feminina, que tem pouco investimento no Brasil, e agora já estamos no quinto ano consecutivo e fico feliz de ver o campeonato estabelecido, forte, esperado pelas meninas todas. Sempre via minha irmã (Suellen Naraísa), que foi bicampeã brasileira, batalhando muito e quis fortalecer esse trabalho. Agora, ela me ajuda junto com a minha mãe (Eliane), que sempre esteve envolvida com o surf com seus quatro filhos, e fico feliz em ver que continuamos crescendo”, afirma Wiggolly Dantas, atleta patrocinador da etapa feminina e profissional que atualmente disputa o circuito de acesso da World Surf League (WSL).

Catarinense Tainá Hinckel, campeã profissional e pro-júnior em 2018.
Crédito: Daniel Smorigo

À frente do comando do evento, Eliane Dantas é o exemplo que é possível investir no surf feminino. “Os anos anteriores consolidaram a nossa iniciativa de apoiar o surf feminino e agora, a Família Dantas conseguiu uma emenda parlamentar, garantindo que a Secretaria Especial do Esporte, do Ministério da Cidadania, celebre um convênio com a Prefeitura Municipal de Ubatuba, através da Secretaria de Esportes e Lazer, e teremos duas etapas na mesma temporada, o que é muito importante para o nosso esporte. Queremos incentivar cada vez mais esse crescimento”, diz Eliane.

A última edição do evento em 2018, teve como campeã nacional a atleta Camila Cássia e a catarinense Tainá Hinckel, uma das maiores promessas do surf feminino brasileiro, foi a campeã nas categorias profissional e pro-júnior.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s